chevron_left Voltar para Releases e notícias
Índice QuintoAndar: Aluguel residencial acumula quedas de 6,3% em SP e de 3,6% no RJ nos 12 meses até novembro

Indicador baseado em valores efetivos de contratos mostra queda no mês em SP e RJ, apontando maior descolamento do IGP-M da realidade do mercado 

Confira dados na íntegra: https://mkt.quintoandar.com.br/indice/  

São Paulo, 3 de dezembro de 2020 – Os valores médios do aluguel residencial caíram 0,1% em São Paulo e 0,39% no Rio de Janeiro em novembro, em relação ao mês anterior, mostra o Índice QuintoAndar de Aluguel, calculado a partir de valores efetivos de contratos. No acumulado do ano, as baixas nos preços nas duas capitais são de 6,29% e 3,6%, respectivamente. O valor médio do m² em São Paulo para aluguel fechou o mês passado em R$ 35,42 e, no Rio, em R$ 29,05. 

Entre outubro e novembro, o preço médio do m² em imóveis de um dormitório no Rio continuou caindo e, em São Paulo, se manteve praticamente estável – embora registre queda em ambas as cidades na comparação com o ano anterior. 

Em São Paulo os bairros com maior alta no preço do m² de aluguel foram Vila Carrão (31,7%) e Jardim Anália Franco (12%). No Rio, as maiores altas foram na Barra da Tijuca (22,4%) e Freguesia (13,7%). As maiores baixas foram em Santo Amaro (-34,8%) e Real Parque (-30,7%) em São Paulo e Santa Teresa (-20,4%) e Meier (-11%) no Rio de Janeiro.

Estudo

Em conjunto com o Índice QuintoAndar, a plataforma imobiliária digital, lança estudo sobre o efeito das variações negativas nos valores de contratos de aluguel e a evolução do IGP-M, utilizado em muitos contratos como o indicador de referência para reajustes anuais. O levantamento mostra que, em São Paulo, foi até 31,2% mais caro manter um contrato em vigor após o reajuste do IGP-M de novembro do rescindir e alugar outro imóvel. No Rio, essa diferença foi de 28,9%. 

O estudo ainda apresenta uma comparação entre o IGP-M e o IPCA, que vem sendo cada vez mais utilizado como referência para contratos de aluguel, inclusive pelo QuintoAndar, que anunciou na semana passada que esse índice passou a ser o padrão nos novos contratos fechados pela plataforma.

Sobre o QuintoAndar

O Grupo QuintoAndar é a maior plataforma de moradia da América Latina e oferece uma experiência direta, simples e transparente para quem busca um lugar para morar e para quem tem uma casa para alugar ou vender. A plataforma permite a busca de imóveis por meio de fotos de alta qualidade e o agendamento de visitas e fechamento do aluguel ou da compra online, sem burocracia. Os inquilinos alugam com facilidade, e os compradores têm maior transparência ao longo de toda a transação. Os proprietários estão cobertos pela Proteção QuintoAndar, que assegura o recebimento em dia do valor do aluguel, independentemente do pagamento pelo inquilino, e cobre indenizações de até R$ 50 mil por danos causados ao imóvel ao fim do contrato. Para imobiliárias, a empresa oferece um portfólio de serviços com soluções de crédito e financiamento, garantia locatícia e geração de demanda. Atualmente, a companhia tem mais de 165 mil contratos e R$ 90 bilhões em ativos sob administração, com atuação em mais de 75 cidades no Brasil, além da Argentina, Equador, Panamá, Peru e México, por meio das operações do grupo Navent, adquirido em dezembro de 2021.

Para saber mais sobre o QuintoAndar, acesse quintoandar.com.br/imprensa.

chevron_left Voltar para Releases e notícias