chevron_left Voltar para Releases e notícias
Precificar errado um imóvel de aluguel pode comprometer até 22% da renda anual do proprietário, mostra estudo do QuintoAndar

Descontos causados pelo aumento de liquidez chegam até 60% após 4 semanas 

Confira estudo na íntegra aqui

São Paulo, 13 de julho de 2021 – Um estudo realizado pelo QuintoAndar, maior imobiliária digital da América Latina, sobre ‘a influência da precificação do imóvel na dinâmica da negociação’ mostrou que tentar alugar um imóvel pelo valor mais alto do que ele realmente vale, pode comprometer a renda anual do proprietário em até 22%. Isso porque, o preço errado torna o imóvel menos atrativo nos primeiros dias de anúncio, que são primordiais para garantir o sucesso da transação. E os gastos gerados pelo período de vacância traria prejuízos para o proprietário. Por outro lado, precificar o  imóvel da forma correta pode aumentar os ganhos em até 37%. 

A precificação elevada dos imóveis com objetivo de ‘sentir’ o mercado pode ser uma decisão equivocada, já que a atratividade de um anúncio se concentra nos seus primeiros dias. De acordo com o levantamento da imobiliária digital, as visualizações de um anúncio são 45% maiores que a média na primeira semana em relação às seguintes. No caso das visitas agendadas, o número é 41% maior que a média nos primeiros sete dias, e se torna menor que a média depois da terceira semana.

Ajustar o preço do anúncio pode ser uma solução para retomar o dinamismo na negociação do imóvel. Mesmo para imóveis que já estão disponíveis há mais tempo, uma mudança de preço que chegue mais próximo ao preço de demanda do imóvel faz com que ele seja alugado em até 3 semanas em média, sendo que a maioria é alugada em até 2 semanas.

A tendência é que quanto mais tempo o imóvel fica anunciado, maior terá de ser o desconto médio concedido para concretização do aluguel – sendo que o valor da própria unidade amplifica esse efeito. Ou seja, quanto mais caro o imóvel e maior o tempo do anúncio, mais elevado o desconto terá de ser. O desconto médio em  imóveis alugados em 4 semanas é 60% maior que aquele concedido para imóveis similares alugados nas primeiras duas semanas, e mais do que o dobro do desconto das unidades com contrato fechado em menos de sete dias. 

“Estar atento às movimentações do mercado é fundamental para garantir o sucesso de uma transação de aluguel”, conta José Osse, head de comunicação do QuintoAndar. “Acompanhar as variações de liquidez, preço do m² e custos extras evitam perda de renda anual para proprietários”.  

Sobre o QuintoAndar

O Grupo QuintoAndar é a maior plataforma de moradia da América Latina e oferece uma experiência direta, simples e transparente para quem busca um lugar para morar e para quem tem uma casa para alugar ou vender. A plataforma permite a busca de imóveis por meio de fotos de alta qualidade e o agendamento de visitas e fechamento do aluguel ou da compra online, sem burocracia. Os inquilinos alugam com facilidade, e os compradores têm maior transparência ao longo de toda a transação. Os proprietários estão cobertos pela Proteção QuintoAndar, que assegura o recebimento em dia do valor do aluguel, independentemente do pagamento pelo inquilino, e cobre indenizações de até R$ 50 mil por danos causados ao imóvel ao fim do contrato. Para imobiliárias, a empresa oferece um portfólio de serviços com soluções de crédito e financiamento, garantia locatícia e geração de demanda. Atualmente, a companhia tem mais de 165 mil contratos e R$ 90 bilhões em ativos sob administração, com atuação em mais de 75 cidades no Brasil, além da Argentina, Equador, Panamá, Peru e México, por meio das operações do grupo Navent, adquirido em dezembro de 2021.

Para saber mais sobre o QuintoAndar, acesse quintoandar.com.br/imprensa.

chevron_left Voltar para Releases e notícias