chevron_left Voltar para Releases e notícias
Preço do aluguel no Rio de Janeiro e em São Paulo tem melhor começo de ano desde 2020

Índice QuintoAndar de Aluguel revela que alta procura por studios e apartamentos de 1 quarto tem aquecido bairros centrais das duas capitais

O mercado imobiliário no Rio de Janeiro e em São Paulo registra o melhor início de ano desde 2020. É o que aponta o Índice QuintoAndar de Aluguel, divulgado hoje. Nas duas cidades, a alta acumulada entre janeiro e fevereiro foi a maior para esse período na série histórica do indicador, iniciada em junho de 2019. 

Em janeiro e fevereiro, o mercado residencial de aluguel manteve o aquecimento registrado nos últimos meses. Em São Paulo, o preço do metro quadrado avançou 2,35%, fechando o mês em R$ 38,36. Nos dois meses deste ano, a alta acumulada foi de 4,95%.

No Rio, o avanço no mês passado foi de 1,2%, com alta acumulada de 2,1% no primeiro bimestre do ano.  O preço do metro quadrado atingiu R$ 31,56 – o maior valor desde setembro de 2019.

Entre os principais fatores para o recorde registrado estão a alta temporada de procura de aluguéis e a busca por studios e imóveis de um dormitório, resultado da retomada da atividade econômica e da volta, em boa medida, ao trabalho presencial. 

Em fevereiro, o preço médio do metro quadrado de studios e apartamentos de um quarto avançou 3,16% em comparação com janeiro, segundo o Índice QuintoAndar de Aluguel, atingindo R$ 48,60/m2 em São Paulo. No Rio, a alta foi de 2% frente ao mesmo período do ano passado, encerrando o mês de fevereiro no valor de R$ 37,65.

O aumento na procura dos apartamentos menores beneficiou os bairros mais centrais das duas capitais, região com grande estoque desses imóveis. Em São Paulo, regiões próximas ao Centro Expandido da capital foram as que mais valorizaram no início deste ano. Os dez bairros com maior valorização são: Butantã (16,6%), Saúde (16,6%), Higienópolis (13,3%), Mandaqui (12,11%), Vila Olímpia (11,3%), Vila das Mercês (11,2%), Vila Clementino (11,2%), Santo Amaro (11,2%), Sacomã (10,2%) e Casa Verde (10,2%). 

No Rio, os bairros mais valorizados no começo deste ano são Ipanema (12,1%), Leblon (9,2%), Flamengo (8,1%), Grajaú (8,1%), Centro (6%), Taquara (6%), Jacarepaguá (5%), Santa Teresa (5%), Tijuca (4%) e  Maracanã (2%)

Apesar da alta registrada nos últimos meses, o preço médio do aluguel em São Paulo ainda está 1,8% abaixo do registrado em março de 2020, início da crise sanitária da Covid-19. A capital fluminense, por sua vez, vem registrando uma valorização dos imóveis, recuperando as perdas durante o ápice da pandemia. Em fevereiro, o preço médio do metro quadrado ficou 4,3% acima do registrado em março de 2020. 

Sobre o Índice QuintoAndar de Aluguel
Diferentemente de outros índices do mercado baseados somente no valor do anúncio, o Índice QuintoAndar é pautado nos valores concretos de contratos fechados de aluguel. Isso significa que são consideradas as negociações entre locatário e inquilino, refletindo uma realidade mais assertiva e confiável do cenário residencial. A metodologia do Índice QuintoAndar de Aluguel pode ser conferida no site: https://mkt.quintoandar.com.br/dados/.

Sobre o QuintoAndar

O Grupo QuintoAndar é a maior plataforma de moradia da América Latina e oferece uma experiência direta, simples e transparente para quem busca um lugar para morar e para quem tem uma casa para alugar ou vender. A plataforma permite a busca de imóveis por meio de fotos de alta qualidade e o agendamento de visitas e fechamento do aluguel ou da compra online, sem burocracia. Os inquilinos alugam com facilidade, e os compradores têm maior transparência ao longo de toda a transação. Os proprietários estão cobertos pela Proteção QuintoAndar, que assegura o recebimento em dia do valor do aluguel, independentemente do pagamento pelo inquilino, e cobre indenizações de até R$ 50 mil por danos causados ao imóvel ao fim do contrato. Para imobiliárias, a empresa oferece um portfólio de serviços com soluções de crédito e financiamento, garantia locatícia e geração de demanda. Atualmente, a companhia tem mais de 165 mil contratos e R$ 90 bilhões em ativos sob administração, com atuação em mais de 75 cidades no Brasil, além da Argentina, Equador, Panamá, Peru e México, por meio das operações do grupo Navent, adquirido em dezembro de 2021.

Para saber mais sobre o QuintoAndar, acesse quintoandar.com.br/imprensa.

chevron_left Voltar para Releases e notícias